VISTO PERMANENTE EM 60 DIAS

Sobre Ben Popov

Ben Popov escreveu 129 artigos no blog.

Ben Popov é coordenador da Comunidade Búlgara no e profissional de Marketing Digital com mais de 15 anos de experiência. Áreas de interesse: tecnologia, marketing digital, cultura, política, viagens, entre outras. Fala Búlgaro, Inglês, Português e Russo. Entre em contato com Ben nas redes sociais abaixo.

 

RNE - Visto Permanente

Portaria do Ministério da Justiça publicada em 8 de agosto desburocratiza processo de pedidos de permanência.

Brasília, 25/8/14 – Os processos de pedidos de permanência de no Brasil com base em prole, reunião familiar, casamento, união estável e residência definitiva do Acordo Mercosul devem ser zerados em até seis meses.

Com a desburocratização promovida pela nova Portaria nº 1.351, de 8 de agosto de 2014, do Ministro da Justiça, o requerente que solicitar o Registro Nacional do Estrangeiro a partir de 1º de setembro receberá seu documento em aproximadamente sessenta dias.

Nesta terça-feira (26) serão publicados despachos da Divisão de Cadastro e Registro de Estrangeiros do Departamento de Polícia Federal com a relação de cerca de 500 estrangeiros já beneficiados com a medida.

Processo em 60 dias

A partir de 1º de setembro, os estrangeiros farão o pedido nos postos da Polícia Federal. Se todos os documentos solicitados estiverem em conformidade com a Portaria publicada, o pedido será automaticamente aprovado. Em aproximadamente 60 dias o requerente receberá o Registro Nacional de Estrangeiro (RNE), que legaliza sua permanência no País.

Caso falte algum documento ou alguma irregularidade seja encontrada, o requerente será informado durante o próprio atendimento no posto da Polícia Federal. Permanecendo a ausência ou a irregularidade, o processo não será decidido pela Polícia Federal, que encaminhará todos os documentos ao Departamento de Estrangeiros do Ministério da Justiça.

Para os estrangeiros que vivem no Brasil e já fizeram o pedido de permanência definitiva, o trâmite continua sendo o mesmo, porém o tempo de tramitação será menor.

=> Todos os detalhes e documentos AQUI

Fonte: Ministério da Justiça

 

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *